Serviços

Estacas Hélice Contínua Monitoradas

Estacas Hélice Continua Monitoradas

As estacas do tipo hélice contínua são moldadas “in loco” e concretadas logo após sua escavação pela injeção de concreto por bombeamento através do tubo central presente na haste da perfuratriz, ao mesmo tempo em que o trado helicoidal é retirado do solo.

Esse tipo de estaca permite execução abaixo do nível do lençol freático, além de possibilitar total acompanhamento da escavação e da concretagem pelo software do equipamento.

Vantagens

  • Alta produtividade;
  • Estacas abaixo do nível d’água;
  • Facilidade de movimentação e adaptabilidade aos vários tipos de terrenos;
  • Acompanhamento eletrônico em tempo real da escavação e concretagem;
  • Penetra em camadas resistentes do solo, da ordem de até NSPT = 35.
  • Não causa vibrações aos terrenos vizinhos (possibilita execução em áreas urbanizadas);

As estacas executadas possuem as seguintes características

Diâmetro (mm)

300,00

400,00

500,00

600,00

700,00

800,00

Carga Máxima (tf)

45,00

80,00

130,00

180,00

240,00

320,00

Área de Concreto (m²)

0,07

0,13

0,20

0,28

0,38

0,50

Profundidade Máxima (m)

24,00

24,00

24,00

24,00

24,00

24,00

 

Monitoramento Eletrônico

A tecnologia presente no equipamento é capaz de fornecer informações em tempo real sobre a profundidade, inclinação da torre, torque, pressão de concretagem, perfil da estaca, sobre consumo de concreto, entre outros. Tais dados podem ser visualizados pelo operador e via internet por meio dos gráficos gerados pelo software.  

Método Executivo:

Escavação

A perfuratriz começa o processo de retirada do solo por rotação através do trado helicoidal até atingir a profundidade estabelecida no projeto de fundação da obra. Durante esse processo, dados como a pressão exercida no solo, torque do equipamento, velocidade de perfuração, profundidade etc são fornecidos pelo software ao operador. Dessa forma, tanto ele quanto o engenheiro da obra têm mais confiança em estabelecer a cota de apoio da estaca para dar início a concretagem.

Concretagem

Estabelecida a cota de apoio pode-se dar início a concretagem. O processo é simples e inclui um caminhão betoneira e uma bomba que faz a injeção do concreto que passa pelo tubo central presente no trado. Dessa forma, o concreto é injetado sobre pressão de baixo para cima até que o trado seja totalmente retirado do solo, sem deixá-lo subir pela haste, mantendo um nível sempre abaixo da mesma. Todo processo é acompanhado pelo operador do equipamento através do software que fornece várias informações relevantes a respeito da concretagem.

Colocação da Armadura:

Com a concretagem realizada resta apenas o posicionamento da armadura na estaca. O próprio equipamento é dotado de um guincho que auxilia os ajudantes no posicionamento da armadura. Há de se notar que é indicada e necessária a colocação de espaçadores para garantir o cobrimento de projeto especificado para as estacas.

Cuidados na Execução:

Escavação

Segundo a NBR 6122:2010 – Projeto e Execução de Fundações existe um espaçamento mínimo de cinco vezes o diâmetro da estaca. Essa distância deve ser respeitada para execução de estacas adjacentes num período inferior a 12 horas após a concretagem.

Concretagem e Colocação da Armadura

É usual a utilização de concreto com slump 22 ± 3 cm quando se tratam de estacas hélice contínua, pelo motivo do mesmo ser bombeado e, também, por a armadura ser posicionada depois de ser feita a concretagem. Com essa medida, evita-se o problema de dificuldade no posicionamento do aço. O slump pode variar de acordo com o comprimento do aço, quanto mais extensa a armação, maior a dificuldade para posicioná-la.

Quebra da Cabeça das Estacas

Segundo a NBR 6122:2010 – Projeto e Execução de Fundações, deverão ser utilizados ponteiros ou marteletes leves (potência menor que 1000 W) para estacas cuja seção transversal for inferior a 900 cm². Marteletes maiores são limitados a valores de área superior ao indicado anteriormente. O acerto final do topo das estacas deve ser feito com ponteiros e ferramentas de corte apropriadas. O concreto utilizado, caso seja necessário recompor a seção da estaca, não deverá ser de resistência menor ao da mesma.

Nossos Equipamentos

Estacas Hélice Contínua Monitoradas
  • Estacas até 24 metros;
  • Diâmetros até 800 mm;
  • Mobilidade em qualquer tipo de terreno;
  • Alta produtividade;
  • Monitoramento eletrônico de todo o processo.

Solicite um orçamento personalizado para sua obra!